Formação de liderança

Bradesco

Afinal, o que é liderança? 

Há mais de 1.000 definições sobre o termo, mas e você, o que pensa sobre?

Você sabia que 70% das características de um líder podem ser desenvolvidas? Ou seja, já podemos abandonar aquela história de que "ah, eu não nasci pra ser líder" ou "eu não tenho o dom da liderança".

Faça o seguinte exercício: 

1. Pense em uma liderança que te inspira.

2. Agora, nomeie o que nessa pessoa te inspira (conhecimentos, habilidades, atitudes...) 

Frente a esse conjunto de elementos inspiradores, você percebe que liderança pressupõe um conjunto de competências e que estas, por sua vez, podem ser desenvolvidas ou aprimoradas? Não se trata, pois, de dom ou predisposição. Liderança requer antes de mais nada disposição para mergulhar sobre cada um de nós, identificar nossas competências mais e menos desenvolvidas e muita dedicação para aprimorá-las. 

Para tornar mais didática a sua aprendizagem, convidamos você a uma trilha de desenvolvimento passando por 3 pilares: LIDERAR A SI, LIDERAR O OUTRO E LIDERAR UMA ORGANIZAÇÃO. (Baseado em “O Novo Paradigma da Liderança” e “Pipeline de Liderança”)

Líder de si 

“COMECE PELO COMEÇO, POIS NINGUÉM LIDERA OUTROS SEM PRIMEIRAMENTE LIDERAR A SI PRÓPRIO”

Efeitos: estabilidade emocional, segurança na tomada de decisão, aprendizagem constante e influência autêntica.

4 pilares da autoliderança: autoconhecimento, disciplina diária, tomada de decisão e maestria. (clique aqui para acessar o documento completo) 

1. AUTO CONHECIMENTO

E um processo que nos apoia a responder perguntas como: quem eu sou? Onde estou? Onde quero ir? Eu planejo minha caminhada? E por fim, eu aprendo com a minha caminhada? Esse conhecimento sobre si próprio é importante porque nos leva a movimentos mais eficientes na vida. Para te ajudar nesse processo, apresentamos dois assessments: perfil comportamental e roda da vida. 

2. DISCIPLINA DIÁRIA 

“A distância entre o sonho e a realidade chama- se disciplina”. Priorizar suas atividades e gerenciar o seu tempo são elementos fundamentais para a conquista de resultados pessoais e profissionais. Esta ferramenta é uma das  dicas que podem te ajudar. 

3. TOMADA DE DECISÃO

Teste de Valores - Barrett

Valores refletem o que realmente importa para você. São uma forma rápida de descrever suas motivações. Atuam em conjunto com suas crenças para a toma de decisão e podem mudar ao longo do tempo, de acordo com as circunstâncias. Richard Barrett classifica os valores em 7 níveis de consciência, desde Sobrevivência até Serviço, divididos em 3 categorias (Interesse Próprio 1-3, Transformação 4, Bem Comum 5-7).

4. MAESTRIA

É uma jornada eterna de autodesenvolvimento, aprimoramento e crescimento pessoal. É quando estamos nos conhecendo a cada dia, procurando sempre melhorar cada detalhe de nossa vida, de nosso ser.

Quatro passos: 

• Peça apoio às pessoas que trabalham contigo;

• Ouça atentamente feedbacks; 

• Amplie a auto-observação sobre as suas entregas; suas dificuldades e seus efeitos;

• Reconheça seus avanços e conquistas.

Líder de outros 

Você já ouviu falar em gestão ágil? Em muitos momentos usamos a metodologia ou algumas de suas aplicações, desconhecendo as premissas. Veja abaixo os 4 valores do manifesto ágil:

1 - Indivíduos e interações mais que processos e ferramentas.

2 - Software em funcionamento mais que documentação abrangente.

3 - Colaboração com o cliente mais que negociação de contratos.

4 - Responder a mudanças mais que seguir um plano.

E isso está conectado com a liderança. Você já refletiu o quanto hoje tem sido uma liderança ágil? Se a sua resposta for não, o primeiro passo é entender que liderança ágil pressupõe relação. Clique aqui, e saiba mais! 

1. LIDERANÇA SITUACIONAL 

Por exemplo, você é líder de uma equipe comercial e seu liderado não consegue avançar com os leads no funil de vendas. Você já se perguntou se ele tem a competência necessária para isso (conhecimento de vendas, repertório de cases, exemplos de outros vendedores da Empresa Júnior, habilidade de negociação, etc.)? O suporte oferecido é compatível com o quadrante onde ele se encontra?

2. DELEGAR X DELARGAR 

Delegar exige critério para escolher quem fará a atividade, método para clarificar os objetivos com a entrega e responsabilidade para oferecer o devido suporte. Qualquer uma dessas etapas, se queimadas, de forma com que você simplesmente “jogue o B.O.” para outro, você está delargando. Como bom líder preze pela autonomia, mas ofereça o devido suporte. Clique aqui e saiba mais. 

3. AUTENTICIDADE E VULNERABILIDADE

A liderança eficaz é capaz de construir conexão emocional com as pessoas e realmente cuidar delas. O papel é muito mais exigente quando os tempos são difíceis. E é nesse momento que os líderes recorrem aos laços pessoais  construídos com seu time para garantir cooperação, perseverança e lealdade. Em 2010, no TED Talk Brene Brown, intitulado “O poder da vulnerabilidade”, Brene colocou em foco um ponto muito básico sobre o ser humano: nossa necessidade de ligações emocionais. Ela argumentou que “a conexão é o motivo de estarmos aqui”. Está se perguntando como começar? 

  • Assista ao TED Talk. Clique aqui 
  • Questione-se sobre suas imperfeições, dificuldades e medos.
  • Promova espaço para trocas com seu time e escolha imperfeição que gostaria de dividir com eles.

4. DÊ FEEDBACKS 

Temos a tendências de evitar conversas difíceis, mas há um dado que vai fazê-lo repensar a importância de tomar a iniciativa para conduzir esses momentos: dar feedback é uma das melhores formas de incentivar avanço no  desempenho, segundo pesquisa de Harvard. Seus resultados são intensificados principalmente se ele é dado com atitude positiva, clareza, timing e frequência. Quer saber mais sobre como oferecer um feedback assertivo? Clique aqui e leia o artigo de Harvard Business Review e siga o instagram @institutocnvbrasil para algumas dicas no dia a dia. 

Líder de uma organização

ESTRATÉGIAS 

MONITORAMENTO DE INDICADORES, AVALIAÇÃO DE CORRELAÇÕES E EXECUÇÃO

Transforme objetivos estratégicos em indicadores claros para serem monitorados. Periodicamente, revise-os de forma a identificar a correlação entre eles e também seus efeitos. Algumas dicas para ajudá-lo nesse processo: garanta que os indicadores escolhidos sejam MECE (Mutuamente Exclusiva, Coletivamente Exaustiva) - leia mais aqui -  utilize da metodologia de KPI TREE para melhor acompanhamento dos indicadores. Confira mais aqui.

CLAREZA DO QUE É INEGOCIÁVEL!

Priorize o essencial para esse momento com base na estratégia do ano! Alinhe a sua equipe com base em Even Over Statement – estas são frases simples que as equipes podem fixar em uma parede e usar como pedras de toque estratégicas em seu trabalho. Entenda melhor e saiba aplicar. 

Para se inspirar e também relaxar... 

FILMES 

  • Coach Carter (2005): Reflita sobre liderança transformadora! 
  • Invictus (2009): Veja os efeitos de um time que possui um propósito claro.
  • O discurso do rei (2010): Encante-se com o poder da vulnerabilidade para a construção de um time de alta performance.
  • O jogo da imitação (2014): Perceba como a junção dos 3 pilares da liderança eficaz (pessoas, processos e estratégia) apoiam o alcance de resultados.


BradescoMantenedora da Brasil Júnior, Bradesco tem como missão contribuir para a realização das pessoas e para o desenvolvimento sustentável, mediante a oferta de soluções, produtos e serviços financeiros e de seguros, amplamente diversificados e acessíveis.
BradescoMantenedora da Brasil Júnior, Bradesco tem como missão contribuir para a realização das pessoas e para o desenvolvimento sustentável, mediante a oferta de soluções, produtos e serviços financeiros e de seguros, amplamente diversificados e acessíveis.